terça-feira, 12 de julho de 2016



Todo dia domingo
Mais um dia, menos um
Sem eu te ter por cá
Tudo fica tão sério
Tua ausência eu sentindo


No frio amanhecer
Meu corpo sente
Sofre quieto
Abstinência do teu
Ser

Eu te quero bem
As carícias frescas
Das tuas mãos de gelo
Que o meu coração
Aquecem

Eu te quero vem
Em mim se enrosca
E ronrona baixinho
Te faço um carinho
E me enrosco também 

Sonhando acordada
Minha alma não dorme
Ansiando pelo cheiro
Pelo retorno
Da minha mais bela amada


Volta pro ninho, volta?


{Vanessa Cristina Martins}

Nenhum comentário:

Postar um comentário