terça-feira, 30 de abril de 2013

E essa porra de indecisão que sempre toma conta de mim ainda vai me causar sérios danos, assim como às pessoas que eu amo. 
Magoo pessoas constantemente, por querê-las por perto em um momento e em outro não dar a mínima. Eu tento evitar, mas é algo que sempre faço naturalmente, sem perceber, sabe? Quando percebo já deixei a pessoa se apegar ou se envolver. 
Ás vezes, o desapego é fácil, mas n'outras custa algumas lágrimas, e odeio ser a causa delas.

Eu tenho um constante desejo de coisas novas, e enjoo de coisas e pessoas facilmente, e não há quem entenda ou seja capaz de se adaptar a mim.
Então, por favor, não fique com raiva de mim se eu nunca souber o que eu quero, acredite, essa indecisão em si já é uma grande tortura!


{Vanessa Cristina Martins}

3 comentários:

  1. As indecisões não são para sempre. Acredite!
    Um beijo grande

    ResponderExcluir
  2. Espero que esteja certo meu querido.
    Abraços!

    ResponderExcluir